O poder do agora – Um guia para iluminação espiritual (Eckhart Tolle)

Gastamos muito tempo de nossa vida pensando no que já aconteceu ou imaginando no que poderá acontecer, porém para que nosso presente seja diferente precisamos viver o agora, a verdadeira felicidade está no agora.

Para o autor existem dois níveis de sofrimento, o que você cria agora e o que tem origem no passado. Sofrimento alimenta-se de sofrimento, quanto ele nos domina faz com que desejamos ter mais, passamos a ser vítimas. Observar o sofrimento implica aceitá-lo como parte do que existe naquele momento. Esteja presente, vigie o seu espaço interior.

É engraçado como às vezes questionamos por que vivemos no sofrimento ou por que tal pessoa gosta de sofrer. Na verdade acredito que ninguém gosta, todos buscam a felicidade, muitos querem ser vistos, que sintam compaixão, ser o centro das atenções e buscam isso de forma incorreta, se martirizando, se machucando.

A doença psicológica do medo segundo o autor não está presa a qualquer perigo imediato concreto e verdadeiro e sim de alguma coisa que poderá acontecer, você está aqui, agora, ao passo que sua mente está no futuro, criando angústias. Uma preocupação infinita com o passado e o futuro, e uma relutância em respeitar o momento presente e permitir que ele aconteça.

Prestar atenção em nossos pensamentos para não prolongar ou antecipar o sofrimento faz com que possamos aproveitar melhor o agora.

Costumamos imaginar o futuro como algo melhor ou pior do que o presente, afirma Eckhart. Imaginar melhor nos traz esperança e imaginá-lo pior nos traz ansiedade. Ambos os casos são ilusões. Aprenda a usar o tempo nos aspectos práticos da sua vida. Assim, não haverá acúmulo do tempo psicológico, que é a identificação com o passado e a projeção compulsiva e contínua no futuro.

Já tive crises de ansiedade, de passar noites sem dormir, de parar no hospital com a pressão alta sendo saudável sem ter motivos para isso, acabei adoecendo por conta de ficar me martirizando por coisas que fiz e deixei de fazer e por resultado que nem sabia se iria mesmo acontecer.

Torne-se consciente, diz o autor, observe as muitas maneiras pelas quais o desconforto, o descontentamento e a tensão surgem dentro de você, através de julgamentos desnecessários, resistência àquilo que é, a negação do agora.

Reclamar é sempre uma não aceitação de algo que é, gerando uma carga negativa inconsciente. Se você acha insuportável o seu aqui e agora e isso lhe faz infeliz, há três opções: abandone a situação, mude-a ou aceite-a totalmente. Livre-se primeiro da negatividade.

Morra para o passado a cada instante. O poder do agora nada mais é do que o poder da sua presença, da sua consciência libertada das formas de pensamento. Você vai se encontrar estando no presente.

Quando você parar para ouvir uma outra pessoa, não escute só com a mente, escute com todo o seu corpo.

No mundo tecnológico que vivemos ficou mais difícil estar totalmente presente aos nos relacionarmos com as pessoas, é muito comum vermos as pessoas conversarem por wattsapp do que pessoalmente e quando estão juntas ficam presas ao celular. A maior reclamação dos filhos é a de que os pais dão mais atenção ao celular do que a eles. Ao conversar com alguém temos que nos concentrar na conversa, estar consciente, isso fara toda diferença no relacionamento. Quantos casais reclamam que um não houve o outro, e ele diz que ouve, mas não consegue repetir o que foi dito, porque não estava presente, seu corpo sim, mas sua mente não.

Segundo o livro, todo vicio surge de uma recusa inconsciente de encararmos nossos próprios sofrimentos. Essa é uma razão pela qual muitas pessoas estão sempre tentando escapar do momento presente e buscando algum tipo de salvação no futuro.

Atrás de um vício geralmente vem uma forte angústia e para fugirmos de algo em nós mesmos, comemos, consumimos bebida alcoólica ou drogas nocivas ou não. Tudo é fuga da realidade, do presente.

Entrega é a sabedoria simples mas profunda de nos submetermos e não de nos opormos ao fluxo da vida. Se entregar e aceitar o momento presente sem restrições e sem nenhuma reserva.

Viver o agora é um treinamento diário. Procurar não condicionar a felicidade e ser feliz no agora, dizer só vou ser feliz quando comprar um carro, casa, ter o trabalho dos sonhos, corre o risco quando alcançar o objetivo não ser feliz, temos que ser feliz diariamente, com as pequenas coisas da vida, acordar com saúde, ter uma casa pra morar, ter comida na mesa, ter e agir com gratidão.

Caso tenha interesse, compre aqui: O poder do agora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s