Ser feliz

 

Ao ver Luana e Mariana brincarem jogando água em si mesmas com copos pensei no quanto as crianças não precisam de muito para ser feliz, o sorriso e a gargalhada vieram fácil e como disse a Luana nesse dia: “esse foi o melhor dia da minha vida!”, ela diz isso toda vez que se diverte muito. Graças a Deus ela tem dito isso com uma certa frequência.  Davi também tem o “sorriso frouxo”, dá gargalhada com um episódio de seu desenho favorito e ri sozinho enquanto inventa estórias com seus brinquedos.

Tomar banho de chuva, brincar na areia, brincar com o cachorro, correr no parque, fazer piquenique, dançar, ouvir música, assistir filme, comer pizza, sentir o vento pela janela, encontrar os amigos são momentos simples, mas de um enorme significado e alegria, tudo é motivo para ser feliz. Essa alegria que temos quando crianças, sem condicionamentos ou exigências, que esta presente nos pequenos momentos, alguns até muito bobos, vamos perdendo com o passar dos anos e quando nos tornamos adultos fica mais difícil se encantar com as pequenas coisas da vida.

Nós adultos, acabamos condicionando nossa felicidade a algo ou alguém. Vou ser feliz quando comprar aquele carro, casa, tirar férias e viajar, ou a entregamos nas mãos de outra pessoa, dando a ela a responsabilidade por nossa felicidade. Só fulano me faz feliz, só me sinto feliz quando estou com tal pessoa.

Quando condicionamos nossa felicidade a compra de bens materiais, podemos até sentir uma alegria momentânea, pela conquista que tanto desejamos, mas ela não dura muito e logo queremos mais e  nunca estamos satisfeitos querendo sempre mais.

Já quando a condicionamos a outra pessoa, colocamos nela um fardo muito pesado, difícil de carregar e se ela fala ou faz algo que não nos agrada,  fazemos questão de lembrá-la disso. 

Ao nos tornarmos pais é normal sentirmos felicidade quando vemos nossos filhos felizes, a alegria deles nos contagia tanto que o nosso sorriso vem sem muito esforço. É uma alegria que cura nossa tristeza, nossa dor e faz com que o nosso olhar e nossas prioridades mudem, deixamos de pensar em nós para pensar neles em primeiro lugar.

Todos nós temos momentos de muita felicidade e momentos nem tão felizes assim, temos que aprender a lidar com todos eles. Ao olhar a vida de forma positiva sendo grato por tudo que já temos, podemos ver o quanto ela já está presente em nossa vida.

A felicidade está dentro de nós, na nossa essência, no nosso coração, estando sempre disponível, por mais que pareça tão distante, se a procurarmos vamos encontrá-la. E é a ela que precisamos recorrer quando a tristeza vem.

IMG_7521

3 comentários em “Ser feliz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s